20.6.08

Máquina fotográfica

Ok, Moriah...

1) Comprei uma máquina fotográfica nova. Uma digital "pro-sumer" de boa procedência, preço atrativo e acessórios condizentes, a saber: 1 bateria meio baleada, 1 flash muito bom, e um cartão de 512 MB. "Vou poder tirar fotos boas à vontade!", pensei.

2) Comprei duas baterias. Era o mais urgente. "Agora chega, já posso sair tirando foto à vontade".

3) Comprei uma lente zoom nova. É uma 90-300 mm USM, porque a minha outra tele-objetiva estava estragada (comprei estragada porque estava muito barata, e compensava.). "Agora chega, já posso sair tirando foto à vontade".

4) Comprei mais memória. Um monte de memória. "Agora chega, já posso sair tirando foto à vontade".

5) Comprei uma bolsa nova, porque a outra comportava muito bem a outra máquina, que era bem menor, mas essa é mais volumosa, e exige uma bolsa maior. "Agora chega, já posso sair tirando foto à vontade".

6) Comprei um filtro polarizador de 58 mm. É essencial, não? Claro... polarizador... nem se discute. "Agora chega, já posso sair tirando foto à vontade".

Céus, onde vou parar???

Ah, lembrei... pilhas recarregáveis pro flash. As atuais não estão retendo carga. Amanhã, cedinho, sem falta.

3 comentários:

Patricia disse...

Muito Dalton Trevisan esse teu post. kkkk.

Alias, ate q enfim post novo ne? :)

Moriah disse...

Vc vai postar as fotos novas no fotolog? :)

E a pinhole? Aposentou?

bjs!!!

Kodi disse...

Acho que vou me dar por satisfeito com a p93, senão posso cair nessa mesma fita de Moebius